INFORMAÇÃO

Notícias

FAECES elabora seu Manual de Investimentos

O dia a dia da área de Investimentos de uma entidade de previdência complementar não é simples. Além de ter que operar de maneira integrada às demais áreas da gestão, deve observar um grande número de regras e procedimentos específicos que estão sob a sua responsabilidade e fazem parte da governança da entidade. Na FAECES,

Alteração na Concessão de Empréstimos

Após sua 345ª reunião, a Diretoria Executiva da FAECES resolveu modificar as normas para Concessão de Empréstimos financeiros aos participantes ativos e assistidos da Fundação. As mudanças passam a vigorar a partir de 1º de agosto.

Clique aqui e confira as novas disposições para realizar um pedido de empréstimo à FAECES.

Política de Investimentos 2014 já está à sua disposição

A Política de Investimento tem como objetivo determinar e descrever tanto as diretrizes gerais para a administração dos investimentos, quanto disciplinar os métodos e ações dos procedimentos correspondentes aos processos decisório e operacional de gestão dos ativos dos Planos de Benefícios administrados pela FAECES.

Sendo a prioridade dos Planos previdenciais o pagamento de benefícios a seus assistidos e beneficiários,

Boletim Viva+

Confira aqui todas as edições do Boletim Viva+, o boletim eletrônico semanal que leva informações úteis sobre o Plano Viva+ aos usuários, por e-mail.

2019:

Edição nº46
Edição nº46
Edição nº45
Edição nº45
Edição nº 44
Edição nº 44
Edição nº 43
Edição nº 43
Edição nº 42
Edição nº 42
Edição nº 41
Edição nº 41
Edição nº 40
Edição nº 40
Edição nº 39
Edição nº 39
Edição nº 38
Edição nº 38
Edição nº 37
Edição nº 37
Boletim nº 36
Boletim nº 36
Boletim nº 35
Boletim nº 35
Boletim nº 34
Boletim nº 34

Faeces e Você

Desculpe, mensagem não encontrada.

Política de Investimento

A Política de Investimento tem como objetivo definir a estratégia de alocação dos recursos financeiros dos Planos administrados pela FAECES. A legislação em vigor estabelece que os fundos de pensão adotem uma política de investimentos para um horizonte de no mínimo cinco anos, com revisões anuais.

Plano de Benefício Definido

Política de Investimento do Plano de Benefício Definido.

Plano de Benefícios II

Política de Investimento do Plano de Benefícios II.

Plano de Gestão Administrativa (PGA).

Política do Plano de Gestão Administrativa (PGA).

Relatórios Anuais

capa_pdf_rai2018
Relatório Anual 2017
Relatório Anual 2017
Relatório Anual 2016
Relatório Anual 2016
Relatório Anual 2015
Relatório Anual 2015
Relatório Anual 2014
Relatório Anual 2014
Relatório Anual 2013
Relatório Anual 2013
Relatório Anual 2012
Relatório Anual 2012
Relatório Anual 2011
Relatório Anual 2011
Relatório Anual 2010
Relatório Anual 2010
Relatório Anual 2009
Relatório Anual 2009

Demonstrações Atuariais

As Demonstrações Atuariais (DAs) apresentam as premissas demográficas, financeiras e atuariais dos planos de benefícios de uma Entidade Fechada de Previdência Complementar. Sua divulgação é uma exigência da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc). A consulta às DAs permite o acompanhamento dos resultados atuariais dos planos de benefícios.

Plano de Benefício Definido

Plano de Benefícios II