Plano de ação para começar a poupar

Juntar dinheiro é algo que parece uma ótima ideia, mas que sempre fica para a próxima segunda-feira, assim como a dieta e a academia. Afinal, temos tantas necessidades e vontades hoje e é difícil abrir mão de algo no presente para priorizar o futuro. Sempre parece que na tal segunda-feira, tudo será mais fácil, você terá menos necessidades e que você sempre pode começar na semana que vem.

O problema é que acaba ficando assim: para a semana que vem. E o tempo vai passando e você deixa sempre para depois. Quando vê, o tempo passou e você não juntou nenhum tostão.

Para mudar isso agora, resolvi montar um plano de ação prático, para começar agora. Não existe a hora certa de começar – o que existe é o hoje, a oportunidade perfeita. Você sempre terá um imprevisto, bom ou ruim, e os motivos para deixar para depois são diversos. Por isso, que tal deixa-los de lado por hoje e colocar este plano em prática? O seu “eu futuro” agradece!

Passo 1: Tire um tempo para estudar os seus gastos

A ideia aqui é simples: pegue os extratos dos últimos 3 meses para entender como você vem usando o seu dinheiro. Não precisa anotar todos os gastos, acredito que isso é impraticável na realidade! Melhor é ver tudo o que você já tem registrado nos extratos. Aqui você consegue ver exatamente quanto ganhou e quanto gastou nos últimos meses.

Passo 2: Separe as despesas

Não adianta colocar em 15 categorias diferentes, pois depois fica muito difícil de entender tudo aquilo. Melhor separar em apenas 3 categorias:

  1. Gastos essenciais: moradia, alimentação, impostos e taxas, transporte…
  2. Gastos supérfluos: lazer, compras, presentes…
  3. Dívidas e investimentos: se você está no vermelho, quais parcelas paga todo mês. Se consegue juntar um dinheiro todo mês, qual é o valor?

Clique aqui para continuar a leitura.

Fonte: Carolina Ruhman Sandler, para o site Finanças Femininas

Leave a Comment