PREVIDÊNCIA

Plano de Benefícios II

O Plano de Benefícios II é um plano instituído na modalidade contribuição variável e tem como base de cálculo o montante constituído pelas contribuições vertidas pelos participantes e patrocinadores e o correspondente retorno líquido dos investimentos, apurado nos termos do Regulamento do Plano.

Foi criado em novembro de 2005 e está aberto a adesões de novos empregados, tanto da CESAN quanto da FAECES.

Regulamento

Baixar regulamento do plano de Benefício II.

Simular Aposentadoria

Acessar Simulador de Aposentadoria.

Área Restrita

Acessar área restrita do beneficiário e assistido.

Ficha de Inscrição

Baixar ficha de inscrição do plano de Benefício II.

Cartilha do Participante

Baixar Cartilha do Participante Plano de Benefícios II.

Regime Tributário

Baixar regime tributário do plano de Benefício II.

Sumário do Plano

Baixar Sumário do Plano de Beneficio II.

Plano de Benefício Definido

O Plano de Benefício Definido é um plano da modalidade de Benefício Definido (BD), que tem como característica principal o conhecimento antecipado do benefício que o participante receberá no momento de sua aposentadoria.

Com a implantação de um novo plano de beneficio em 2005, está fechado a novas adesões. Portanto, a tendência desse plano é a redução gradativa do número de participantes, considerando que muitos deles já se encontram elegíveis à aposentadoria.

Regulamento

Baixar regulamento do plano de Benefício.

Cartilha do Participante

Baixar Cartilha do Participante.

Área Restrita

Acessar área restrita do beneficiário e assistido.

Rentabilidade

O quadro abaixo compara a rentabilidade dos planos com a meta atuarial e alguns indicadores de mercado, demonstrando que a FAECES vem apresentando resultados consistentes ao longo do tempo.

Os planos de benefícios administrados pela FAECES continuam com rentabilidade superior à meta atuarial (INPC+5,65%). No Brasil tivemos: alta do dólar em relação ao real, fechando a cotação em R$/US$ 4,24; expectativa de corte de 0,50% p.p. na SELIC para dezembro, passando para 4,5% a.a.; assinatura da promulgação da Reforma da Previdência; e a bolsa fechando positiva em 0,95%, acumulando ganho de 23,15% no ano. Os principais temas no exterior continuam sendo as negociações da saída do Reino Unido da União Europeia, as negociações comerciais entre EUA e China, com expectativa favorável a um acordo e as manifestações na América do Sul.

Para conhecimento dos participantes, apresentamos nos gráficos a composição da carteira dos planos administrados pela FAECES, por segmento.

Taxa de Juros – Empréstimo

A taxa de juros cobrada no segmento de empréstimos a participantes, no mês de dezembro/2019 será de 0,69% (zero vírgula sessenta e nove por cento) para os contratos assinados a partir de 09/2018 e de 0,64% (zero vírgula sessenta e quatro por  cento), para os contratos assinados até 08/2018.    Clique aqui para consultar a taxa de juros dos últimos 12 meses.