Saiba como tirar o máximo proveito de sua restituição do IR

Até dezembro, a Receita Federal vai liberar mais quatro lotes da restituição do Imposto de Renda (IR) de 2016. Se você pagou mais IR do que deveria ao longo de 2015 e tem direito à devolução, a dica é planejar um destino nobre para o dinheiro que vai entrar. Ao definir um objetivo, fica mais fácil controlar o gasto por impulso, e você ainda pode se organizar para fazer algo que considere realmente importante.

Listamos algumas sugestões para cada tipo de situação. Confira e tire o máximo proveito de sua restituição.

Quite suas dívidas – Use o valor da restituição para pagar parte ou a totalidade de suas dívidas, priorizando aquelas que têm juros mais altos, como a fatura do cartão de crédito e o cheque especial. Mesmo que consiga amortizar apenas uma parcela do que deve, você irá reduzir seus gastos ao evitar os juros.

Crie a sua caixinha – Se estiver com as prestações em dia, que tal usar o dinheiro para antecipar o pagamento de algum empréstimo e ficar tranquilo nos próximos meses? Você também pode fazer uma caixinha para despesas esporádicas, como renovar a matrícula escolar ou o seguro do carro. Assim, você terá uma folga ao receber o 13º salário.

Faça uma reserva para emergências – A restituição pode ser uma boa aliada na construção de uma reserva financeira para aquelas situações emergenciais, como desemprego ou doença na família, que acabam levando muitas pessoas ao superendividamento. Coloque o dinheiro na poupança ou em outra aplicação segura e que você possa resgatar no momento em que precisar.

Invista em você – Se você pretende trocar de celular ou adquirir um bem de consumo qualquer, pense duas vezes. Numa situação econômica tão complicada como a atual, o melhor investimento que você pode fazer é em educação e aprendizado. Procure um curso específico na sua área, de línguas ou outro que ajude a melhorar sua competitividade no mercado de trabalho.

Prepare-se para o futuro – Se você não precisa do dinheiro da restituição agora, que tal começar a se preparar para ter uma aposentadoria tranquila no futuro? Antes de dar os primeiros passos nesse sentido, entenda como funciona a Previdência Social e a Previdência Privada Complementar.

Lembre-se! O valor que irá receber do Fisco não é um prêmio ou dinheiro extra, mas fruto de determinado período (horas, dias) que você possivelmente trabalhou para pagar. Leve isso em conta na hora de decidir como gastar!

Veja mais em www.meubolsoemdia.com.br/Materias/vai-receber-a-restituicao-do-imposto-de-renda.

Fonte: Meu Bolso em Dia

Leave a Comment